Quais equipamentos preciso para um trekking

Leia mais

✅ Equipamentos corretos é sinônimo de aventura sem sofrimento ✅

Uma pergunta que sempre nos fazem aqui na Trimon é que equipamento eu preciso ter pra fazer uma trilha, travessias ou pernoite ?

Não existe uma resposta exata, até porque cada roteiro de viagem tem uma situação e suas particularidades de qual equipamento levar. Fato é que fazer uma aventura, sair da zona de conforto, encarar um desafio novo, é muito diferente de sofrimento. Por isso, sempre que uma atividade nos leva a situações mais extremas é necessário estarmos prontos para encarar esta nova realidade.




Sacos de dormir
Após um dia cansativo de caminhada tudo que você precisa é descansar de forma honesta e tranquila, para que consiga se recuperar adequadamente do esforço, e assim prossiga com êxito na travessia. O saco de dormir é daqueles itens que você deve dar uma importância a mais, e provavelmente não vai se arrepender de investir um pouco mais para ter uma boa noite de sono.

O principal critério para escolher um saco de dormir adequado, é sua temperatura conforto. Para as regiões brasileiras ele deve aguentar muito bem entre 0º e -5º graus. Outro detalhe é a questão de peso e volume que o saco vai ocupar na sua mochila. Procure optar por algum saco que equilibre esses fatores (temperatura, peso, e volume) e atento a isso com certeza não terá problemas ao visitar nossas serras durante o inverno.

Isolantes
De nada adianta ter um bom saco de dormir se você não usa ele em conjunto com um isolante térmico, sejam eles de célula fechada ou infláveis, os isolantes servem para você não entrar em contato diretamente com o solo quando estiver deitado, mantendo assim você isolado da umidade e friagem do chão durante a noite, além de te dar conforto, como uma espécie de colchonete.

Barracas
As barracas são o nosso abrigo durante essas atividades, é o que nos dá uma mínima sensação de “lar”, nela nos sentimos mais protegidos e menos vulneráveis ao clima externo. Tenha em mente que uma barraca para ser utilizada no montanhismo brasileiro durante o inverno, deve ter uma boa coluna d’água e uma boa resistência aos ventos. Chuva e vento chegam sem avisar e não tem hora pra partir, então é melhor que você esteja seguro dentro da barraca que escolher.
Nós da Trimon recomendamos barracas com coluna D'água superiores a 1500mm.

Fogareiros
Dos menores e práticos até os maiores que atendam um número maior de pessoas, o fogareiro é essencial, pois junto a ele é onde nos reunimos para preparar o nosso alimento e dar boas risadas ouvindo os perrengues e glórias conquistadas durante o dia. Escolher um bom fogareiro é garantir uma boa alimentação durante o percurso e te ajudar a aproveitar melhor esta travessia.

Panelas
O jogo de panelas durante uma travessia ou pernoite deve ser bem compacto e leve, preferencialmente desses que seja possível acomodar outras panelas menores e itens dentro de uma panela principal. Dessa forma você ganha em utilidade e otimiza o espaço que o kit irá ocupar.

Lanternas
Esse é um item obrigatório que você deve levar toda vez que iniciar qualquer trilha, seja ela curta ou longa, é questão de segurança e emergência ter uma boa lanterna em mãos. A opção mais prática para o montanhismo continua sendo a lanterna de cabeça, que te mantém com as mãos livres, assim você pode caminhar se apoiando em galhos ou usando seu bastão de caminhada sem se preocupar com a lanterna. Não esqueça de levar pilhas reservas! 😉

Alimentação
Devem ser escolhidos alimentos de alto valor nutritivo e que necessitem de pouca água para serem preparados. Uma ótima indicação são os liofilizados, que com poucos ml de água você consegue ferver e preparar uma boa refeição.

Cantil ou Camelbak
Independentemente se está calor ou frio, beber água durante a caminhada é extremamente crucial para que você possa manter seu corpo hidratado e, consequentemente, saudável e disposto para realizar sua aventura. Portanto, sempre leve consigo algum tipo de bolsa de hidratação, como um cantil, que é o mais tradicional de todos os modelos, ou então um camelbak, que, apesar de mais caro, é muito prático, pois se trata de uma mochila com espaço interno para carregar sua água e de onde você pode bebê-la com facilidade através de um canudo que vem instalado.

Bastões de caminhada
Para alguns pode ser um item de luxo, mas na verdade, os bastões são ótimos recursos a serem utilizados em trilhas, principalmente em longas travessias, para que com auxílio deles você consiga ter mais pontos de apoio durante a caminhada e dessa forma evitar sobrecarga as suas energias e articulações no percurso. Se você não está acostumado a utilizá-lo, seria uma boa realizar outras caminhadas menores para ir se acostumando. 

Mochilas
Todos esses equipamentos, roupas, e comida, devem caber dentro de uma boa mochila. Para uma caminhada de 3 dias, em média, uma mochila de 60 litros bastaria para acomodar tudo. Claro que depende dos equipamentos escolhidos, mas geralmente seria isso. Lembre que você irá passar a maior parte do tempo com ela nas costas, então é imprescindível que você escolha uma mochila de trekking, que possua barrigueira, para que a carga dela seja transferida para o seu quadril e não apenas nos ombros. Alças fortes e confortáveis para que você suporte o peso de dias de caminhada. Um costado bem arejado também facilita a circulação de ar, consequentemente gerando menos calor em suas costas. Não se esqueça de levar uma capa impermeável, pois as mochilas não são impermeáveis, no máximo resistente a água.

Roupas térmicas
Mesmo no Brasil, em ambiente de serra existe chance de ocorrer geadas e temperaturas negativas, sendo o suficiente para te causar uma hipotermia. Então é ideal que você esteja preparado e leve consigo algumas mudas de roupas térmicas. No montanhismo é comum utilizar as estratégias de camadas. A primeira são as segundas pele, que são responsáveis por otimizar a sua temperatura térmica, são tecidos técnicos que fazem com que você não perca calor do corpo para o ambiente externo. Em conjunto com a segunda pele, você pode utilizar um fleece, que é um casaco sintético com alto poder de aquecimento, ou até mesmo uma jaqueta de pluma de ganso que são bem leves e compactáveis.

Roupas impermeáveis
A última camada dentro das estratégias de montanha, fica por conta das roupas impermeáveis. O anoraque se destaca por ser uma roupa leve, fina, impermeável e corta vento. Tanto blusa quanto uma calça impermeável são interessantes para a nossa serra. Podem ser trabalhadas as estratégias e não perder em nenhum ponto, tanto em aquecimento quanto impermeabilidade.

Botas
As botas são muito importantes tanto na questão de conforto como de proteção em uma travessia. Você deve optar por um modelo que te forneça proteção ideal até o tornozelo, evitando assim torções, e que seja impermeável, para que você não tenha a chance de ficar com o pé molhado durante a trilha.

Meias
Em conjunto com uma boa bota você deve acertar também na escolha de uma boa meia de trekking. Quem pratica montanhismo há um tempo sabe que escolher qualquer meia para trilha, pode te ocasionar bolhas, e consequentemente significar o fim do seu passeio. Existem boas opções no mercado com diversas tecnologias agindo a seu favor, e algumas com baixo custo, então não pense que é luxo ter uma boa meia, é necessidade.


Então é isso galera, esse é apenas um guia de equipamentos que você precisa ter para fazer uma travessia no inverno brasileiro. 
Lembre que são ferramentas que podem te ajudar na conquista da sua expedição, além disso tudo você tem que estar em dia com seu condicionamento físico e ter no mínimo uma vivência em montanhismo para não ser surpreendido nesse ambiente. 
Tendo isso em mente aproveite as belezas de nossas serras e lembre-se, se divertir é a alma do negócio!

Cadastre-se e receba nossas
novidades direto no seu e-mail!